RPG O Reino de Melsprit
Últimos assuntos
» Forum desativado.
Dom Mar 29, 2015 12:16 pm por Sauron

» Vilarejo Take
Dom Out 07, 2012 7:17 pm por Narrador

» Ruas de Adriak
Dom Out 07, 2012 1:52 pm por Loubackgothic

» Bem vindos!.
Dom Out 07, 2012 1:40 pm por Loubackgothic

» Floresta negra
Dom Out 07, 2012 4:19 am por Ikarus Kaurus

» Ficha - Amaya
Sab Out 06, 2012 8:21 pm por Dez

» Informaçoes
Sex Out 05, 2012 6:56 pm por Sauron

» Zona de batalha 2
Qua Out 03, 2012 5:15 pm por Christe

» Porto das águas negras
Ter Out 02, 2012 9:29 pm por Narrador

Parceiros
Fórum grátis


A Guerra dos três mundos. [Capitulo 2]

Ir em baixo

A Guerra dos três mundos. [Capitulo 2]

Mensagem por Sauron em Sab Mar 24, 2012 6:12 pm

Autor: Dez
Revisão e edição: Lilith

A guerra dos três mundos.

Há milhares de anos atrás, um jovem demônio de cabelos negros, pele branca como a neve e olhos vermelhos, descobriu uma pequena falha no selo o qual prendia todos os demônios no inferno, ele olhou por dentro dessa falha e viu um mundo diferente daquele que ele e seus irmãos haviam sido expulsos, rapidamente foi contar sobre essa falha e sobre a descoberta desse novo mundo para Behemoth, o atual líder do submundo. Ao atravessar os imensos portões de aço negro do salão do senhor do submundo ele avista Behemoth, o grande demônio que comandava o submundo, Behemoth com sua nojenta pele amarela fazendo dobras de gordura cobertas por um manto vermelho e com seus assustadores olhos totalmente brancos, estava sentado em seu trono com o punho esquerdo apoiado em seu rosto e com o direito segurando um cetro, Behemoth sempre andava com uma coroa entre seus pequenos chifres para mostrar que no inferno ele era a realeza, o jovem demônio se aproxima, ajoelha-se diante de Behemoth e diz.

- Behemoth meu senhor! Eu descobri uma falha no selo e atrás dessa falha a um novo mundo diferente daquele que nós conhecemos uma vez. Junte seus melhores magos e me ajude a forçar essa falha se abrir mais e vamos tomar esse mundo para nós. - Behemoth olha para ele e com desdenho diz.

- Não Azazel, continuemos aqui, pois aqui nós somos livres e não temos nada que nos ameace.

Azazel com uma expressão de indignação em seu rosto diz.

- Livres? Você chama isso de liberdade? Nós estamos rodeados por lava e terra negra não vemos a luz do dia e não temos quase alimentos, você vai negar uma vida com campos verdes, águas cristalinas e verdadeira liberdade a nossos irmãos?

Behemoth com muita dificuldade levanta-se do trono e diz.

- Sim eu a negarei! Sou o senhor destas terras e se você tiver algo contra isso eu mesmo o destruirei!

Azazel levantou-se e disse.

- Então terá de me destruir...

- Não me faça matar um dos meus melhores...

Antes que Behemoth pudesse terminar a frase Azazel se aproveitou da lentidão dos movimentos e da distração de Behemoth, em uma fração de segundos aplicou um golpe em que cortou sua cabeça. Azazel pega a cabeça de Behemoth do chão e se direciona até o lugar mais alto do inferno e levanta a cabeça dele como um troféu para que todos os presentes pudessem ver.

Aos poucos todos os que vivem no inferno ficam sabendo do acontecido e começam a comemorar, ouviam-se brados de comemoração por todo inferno, Azazel volta para o salão do senhor do submundo e poucos minutos depois milhares de demônios também se juntaram a ele no castelo esperando que Azazel se declarasse o novo líder do inferno. A comemoração ainda era grande então o jovem pede silencio para todos para dar as boas novas.

- Irmãos! Eu não serei seu líder eu serei seu libertador! Todos aqueles que desejam sair desse buraco imundo sigam-me... Para a liberdade! – Mais brados de comemoração após o fim do discurso de Azazel.

Todos se dirigem ao local onde a falha se encontrava, poucos foram aqueles que quiseram permanecer no inferno, chegando ao local, Azazel instrui aos demônios conhecedores de magia a usar o máximo de seu poder para tentar aumentar aquela falha.

Os magos ficam cerca de três dias trabalhando na falha, lançando magias e feitiços de todos os tipos, até que aquela falha se transforma em uma enorme fenda, Azazel é o primeiro a passar por ela, ao chegar do outro lado da fenda ele se encontra em um campo de grama baixa com poucas árvores em volta e um rio passando não muito longe dali então o jovem da uma longa respirada e convoca seus irmãos demônios para seguirem em frente.

- Venham meus irmãos tomemos esse mundo para nós. - Todos os demônios que seguiam Azazel seguiram para o novo mundo.

- E agora Azazel para onde iremos? O que faremos?

O jovem demônio da alguns passos para frente, contemplando o novo mundo que acabara de descobrir, já planejava também seus próximos passos para dominação total daquele lugar.

- Irmãos! Faremos uma busca por todo lugar e qualquer tipo de ser que habite aqui, nós aniquilaremos e tomaremos seus territórios como nosso!

Então Azazel desembainha sua espada, aponta-a para frente e começa a marchar, imediatamente seus companheiros o acompanham, eram milhares deles, como um gigantesco exercito caminhando para a guerra eminente. Pouco tempo depois eles encontram uma pequena vila de fazendeiros com algumas casinhas simples feitas de barro e telhado de palha. Então Azazel e mais um pequeno grupo invadem a vila e matam todos que encontram sem piedade, homens, mulheres e crianças. E assim seguiram os dias seguintes, invasões e massacres por onde eles passavam, foi assim até que a notícia de que os demônios haviam fugido do inferno chegou aos ouvidos dos imortais.

[Parte 2 Prova]

O Deus dos céus, ao saber do que estava ocorrendo no mundo humano, envia uma pequena guarniçao de uns vinte guerreiros para tentar exterminar os demônios, o grupo era liderado por Hihei um jovem imortal de cabelos loiros e olhos amarelos que era um simples soldado imortal, mas entre todos era o que possuía a maior bravura, foi dada a Hihei a espada Destroyer que ao invés de fazer cortes físicos fazia cortes diretos na alma. Quando a companhia de Hihei encontrou com os demônios de Azazel todos ficaram chocados pois haviam milhares de demônios, mesmo assim eles foram bravamente confrontá-los, mas infelizmente não adiantou de nada, pois o próprio Azazel sozinho tratara do pequeno grupo sozinho, deixando somente Hihei como sobrevivente, Azazel o torturou e depois o libertou mandando a seguinte mensagem.

“se isso é tudo o que vocês tem de melhor, desistam e poupem-me o trabalho de ter mata-los”

Ao voltar para o mundo imortal Hihei reporta o que aconteceu a Hakuren, o Deus dos céus, ele lhe manda entregar uma mensagem ao deus do fogo, para que ele descesse para o mundo mortal com seu exercito e também levar junto dois mil soldados imortais para ajudar a exterminar os demonios. O Deus do fogo não sabendo o que o aguardava foi ate o Deus dos céus para falar sobre o ataque.

- Irmão você não acha que meu exercito particular e mais dois mil homens e um pouco exagerado de mais para um punhado de demônios?

- Faça como eu mando e vá para o mundo mortal confrontar esses demônios, se você e todos os seus homens voltarem com vida eu assumirei que foi um exagero.

Então o deus do fogo foi ate o mundo mortal com seu exercito particular, que era formado por golens de fogo, magos especializados em pyromancia e guerreiros de elite, alem dos outros dois mil soldados imortais cedidos pelo deus dos ceus. Eles passaram por cinco cidades, todas elas devastadas pelos demônios e em todas as cinco não havia um ser humano vivo, na sexta cidade eles se encontraram com os demônios que estavam iniciando o ataque, o deus do fogo manda os dois mil soldados para confrontar os demônios enquanto esperava por noticias, em três dias todos eles foram mortos também mas dessa vez matando muitos dos demônios.

Então o Deus do fogo e seu exercito percebem que realmente a situaçao era bem mais seria do que ele pensava, foram cinco dias de intensa batalha sem nenhuma baixa para o lado do Deus do fogo, Azazel percebendo que estava perdendo muitos homens entra na batalha e começa a virar a situaçao, foram semanas de uma guerra intensa com o exercito do deus do fogo (Athlas) ate que todos morrem só sobrando o proprio deus do fogo, o exercito de Azazel perdera milhares de homens mais ainda era muitos, Azazel manda seu exercito se afastar, pois lutaria sozinho contra “ “, o deus do fogo achando que Azazel estava o subestimando ri sarcasticamente.

- Demônio! Não achas que és pequeno demais para lutar sozinho contra o poderoso deus do fogo?

Os olhos vermelhos de Azazel brilham de prazer, ele adorava toda aquela situaçao, ele desembainha sua espada e numa velocidade imensa ele avança em direção ao seu oponente. Athlas se defende usando a mão direita na qual usava uma imensa manopla dourada e com um forte impulso joga Azazel pra trás que aterrissa metros de distancia, ele estende a sua mão direita e por ela lança varias bolas de fogo na direção de Azazel, que desvia todas com sua espada enquanto se aproxima, quando Azazel chega perto, Athlas materializa uma imensa espada vermelha, no momento em que o senhor do fogo para de atacar-lo a distancia, Azazel em grande velocidade se aproxima dele e com um golpe de sua espada destrói a manopla, Athlas tenta acertar Azazel com sua espadada, mas é lento demais, Azazel esquiva facilmente do golpe e para impedir que Athlas atacasse novamente, corta o braço direito do Deus do fogo.

- Aonde esta agora o grande Deus do fogo?! - Todos os seus demônios começam a bater seus pés no chão e gritar em uma só voz o nome de seu herói.

Um sorriso sádico aparece no rosto de Azazel, ele começa entao a torturar o deus do fogo, fazendo-o sofrer, e após ter saciado sua sede por sangue ele termina a luta.

- Eu sei que seus irmãos estão nos vendo, isso e só uma pequena prova de meu poder, deixe-nos em paz ou todos vocês terão o mesmo triste fim.

E depois de ouvir as palavras de Azazel, Athlas diz.

- Valeu a pena.

E então Azazel o mata.
[CONTINUA]


Última edição por Sauron em Ter Maio 22, 2012 9:13 pm, editado 2 vez(es)

____MelSprit RPG______

Sauron
Spoiler:

então.. derrepente quando estavamos treinando o a narração do dez:
Lucas diz:
o urso desvia dos ataques pula por cima da cabeça do garoto e enquanto pula da uma patada monstrosa na cabeça dele vazendoaa sair voando no ar e por o urso ser muito ninja ele corre em uma velocidade imensa digna de azazel e arranca a cabeça de sauron com uma voadora

E ficamos meia hora inteira rindo dessa coisa.. KK'

avatar
Sauron
Deus Banido|Narrador
Deus Banido|Narrador

Mensagens : 285
Data de inscrição : 10/05/2011

Ficha do personagem
HP:
130/130  (130/130)
Mp:
101/150  (101/150)
Level: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Guerra dos três mundos. [Capitulo 2]

Mensagem por Sauron em Seg Abr 09, 2012 2:10 pm

Após o termino da luta Azazel vira para seu exercito e diz.
-Irmãos agora nós provamos que conseguimos, tomaremos esse mundo para nós e destruiremos qualquer um que se opuser, já gastamos energias de mais por hoje descansem, pois amanhã temos mais batalhas pela frente.
Azazel retorna para o inferno para buscar mais alimentos e pedras curativas, enquanto isso a noticia de que Athlas havia sido

morto por Azazel chega aos ouvidos de Hakuren, Hakuren tomado pela raiva manda mais dois deuses para confrontar Azazel, ele envia Wall o deus da terra e Fenrir deus dos ventos e junto com eles todos os soldados que pudessem
encontrar no mundo imortal, então eles foram até a Terra com o objetivo principal de eliminar Azazel, o exercito dele não era

muita prioridade pois não pareciam ser grande ameaça, chegando ate a vila em que os demônios se instalaram eles vêem que a maioria deles estavam dormindo pelas
ruas, aproveitando essa situação Wall e metade do exercito vem pelo lado esquerdo e Fenrir e a outra metade vem pelo lado direito os demônios desprevenidos e matando muitos deles sem chances de contra ataque e em cinco dias o exercito que possuía milhares
de demônios

agora tinha cerca de cem demônios, Azazel chega trazendo duas sacas repletas de pedras curativas, eram pedras que os demônios usam no inferno para qualquer tipo de ferimento cura ate perda de membros mais na terra ela perde bastante o efeito somente curando a fadiga e pequenos ferimentos, Azazel vê aquela cena e é tomado pelo ódio ele larga as sacas no chão

E pega três pedras as esmaga e engole o pó tomado pela raiva Azazel vai em direção do imenso exercito que possuía mais de cem mil homens e luta com todas as suas forças durante três meses, cansado , machucado porem mais lúcido azazel percebe que não conseguiria ser vitorioso contra tantos sem um sacrifício ele foi se afastando até a saca de pedras comestíveis novamente conseguiu alcançá-la em três dias, o corpo de Azazel estava repleto de feridas sua visão estava turva e já não sentia mais o sangue escorrendo por sua pele estava prestes a morrer mais com suas ultimas forças ele usa um feitiço que faz com que uma enorme rajada de vento empurre todos os soldados para trás, Azazel pega cinco pedras e as esmaga usando o cabo de sua espada e diz.

-Por meus irmãos, pela liberdade eu destruirei meu corpo para liberar a minha forma bestial.
Azazel pega sua espada e a crava em seu próprio peito e diz.
-Sacrifico meu corpo para obter o poder para acabar com todos os inimigos da nossa raça!
Azazel coloca suas duas em sua espada e delas surgem uma esfera de energia negra que vai crescendo e fica imensa, os soldados imortais já contando com a vitoria não se importa com o acontecido e adentram a esfera primeiro cem homens entraram mais ninguém ouviu nada, os Deuses da terra e do vento ordenam que os soldados recuem e aguardem até que

algo aconteça, aquela esfera fica lá sem nenhuma mudança durante cinco horas, e lentamente a esfera vai diminuindo e mostrando uma enorme criatura com grandes chifres e pelos rubros olhos brancos e caninos do tamanho das casas que haviam na vila que estavam ali perto, braços grandes e largos cobertos de pelo não se via a pele do monstro suas pernas eram como patas de bode meio curvadas e com cascos de repente a criatura solta um urro ensurdecedor.

____MelSprit RPG______

Sauron
Spoiler:

então.. derrepente quando estavamos treinando o a narração do dez:
Lucas diz:
o urso desvia dos ataques pula por cima da cabeça do garoto e enquanto pula da uma patada monstrosa na cabeça dele vazendoaa sair voando no ar e por o urso ser muito ninja ele corre em uma velocidade imensa digna de azazel e arranca a cabeça de sauron com uma voadora

E ficamos meia hora inteira rindo dessa coisa.. KK'

avatar
Sauron
Deus Banido|Narrador
Deus Banido|Narrador

Mensagens : 285
Data de inscrição : 10/05/2011

Ficha do personagem
HP:
130/130  (130/130)
Mp:
101/150  (101/150)
Level: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Guerra dos três mundos. [Capitulo 2]

Mensagem por Sauron em Qui Ago 23, 2012 5:56 pm

Dava para se ver o terror tomando os soldados imortais suas pernas e braços começaram a tremer, porem continuaram em posição esperando a orden de seus comandentes, apos o urro da besta o silencio domina o local e então Wall da o comando de ataque então todos os soldados vão juntamente atacar a fera mas com um balançar de seu imenso braço todos são jogados para tras, a fera levanta a cabeça e da um outro urro logo apos isso todos os corpos dos demonios feridos ou mortos são mandados para o inferno, Wall corre em direção da besta ao aproximarce o bastante faz com que um grande pilar de pedra sai do chão elevando-o até o braço esquerdo do monstro e então o Deus da terra salta e com um golpe de sua maciva espada abre um grande ferida no braço do monstro, com o braço direito a besta da uma patada e no deus da terra que cai violentamente no chão ja desacordado e então Fenrir lança imensas laminas de vento contra o corpo da fera fazendo cortes rasos em seu corpo, o monstro da um grito de dor e então se abaixa um pouco e de pos de uma grande puxada de ar cospe uma rajada de fogo sobre o deus do vento e o exercito imortal, o deus do vento se protege com um escudo de vento mais seu exercito e todo queimado ate a morte, a fera ja estava cansada e muito ferida mais usando suas ultimas força da um pisão no chão fazendo-o extremecer e Fenrir cair aproveitando o momento com um soco de sua braço direito a fera esmaga Fenrir, o Deus dos ceus que estava assistindo tudo do mundo dos imortais tomado pelo odio vai a terra confrotar a besta chagando la ele grita.

-Monstro! Irrei erradicar sua existencia em nome de todos aqueles que você matou.

um pequeno sorriso se esboça na face da fera e ela diz.

-Infelizmente já não tenho mais forças para lutar, mais espere e um dia eu voltarei e você tera a chance de ter sua vingança.

então a fera pega Destroyer a espada qual Azazel havia roubado de Hihey e a joga para o sul com toda sua força e logo apos a besta se desfaz e deixa apenas o corpo de Azazel no chão uma grande corrente de energia de cor negra vai na mesma direção da espada e então os poucos humanos vivos naquela vila bradão a vitoria de seu salvador.

Muitos anos se passaram e a historia foi contada de pai para filho e de avo para neto, historias de como a humanidade foi aterrorizada pelos terriveis demonios e seu lider Azazel e de como o grande deus dos ceus desceu de seu trono e o destruiu, pelo menos era assim que os humanos falavam, após a guerra Hakuren e Azazel nunca mais foi visto.

[FIM]


____MelSprit RPG______

Sauron
Spoiler:

então.. derrepente quando estavamos treinando o a narração do dez:
Lucas diz:
o urso desvia dos ataques pula por cima da cabeça do garoto e enquanto pula da uma patada monstrosa na cabeça dele vazendoaa sair voando no ar e por o urso ser muito ninja ele corre em uma velocidade imensa digna de azazel e arranca a cabeça de sauron com uma voadora

E ficamos meia hora inteira rindo dessa coisa.. KK'

avatar
Sauron
Deus Banido|Narrador
Deus Banido|Narrador

Mensagens : 285
Data de inscrição : 10/05/2011

Ficha do personagem
HP:
130/130  (130/130)
Mp:
101/150  (101/150)
Level: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Guerra dos três mundos. [Capitulo 2]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum